Gustav é "evento sério" e perigo ainda não passou, diz Bush

segunda-feira, 1 de setembro de 2008 14:09 BRT
 

AUSTIN (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, alertou para o perigo que o furacão Gustav ainda pode representar à costa dos EUA nesta segunda-feira, enquanto busca afirmar aos norte-americanos que seu governo aprendeu as lições com o fracasso na condução da crise com o furacão Katrina em 2005.

"Esta tempestade ainda não passou. É um evento sério", disse em um pronunciamento de oficiais de emergência em Austin depois que um enfraquecido Gustav atingiu a costa de Louisiana, mas pareceu poupar a cidade de Nova Orleans de sua força total.

Bush insistiu que a coordenação da resposta de emergência ao Gustav é "muito melhor que durante o Katrina".

(Reportagem de Jeremy Pelofsky)

 
<p>Gustav &eacute; 'evento s&eacute;rio' e perigo ainda n&atilde;o passou, diz Bush. O presidente dos EUA, George W. Bush, alertou para o perigo que o furac&atilde;o Gustav ainda pode representar &agrave; costa dos EUA. 31 de agosto. Photo by Yuri Gripas</p>