Chinalco admite elevar participação na Rio Tinto

segunda-feira, 1 de setembro de 2008 10:09 BRT
 

Por Alfred Cang e Li Hongwei

XANGAI, 1o de setembro (Reuters) - A fabricante chinesa de alumínio Chinalco anunciou nesta segunda-feira que pode aumentar sua participação, minoritária, na mineradora anglo-australiana Rio Tinto (RIO.AX: Cotações)(RIO.L: Cotações), se as condições de mercado favorecerem, mas não há prazo para tal medida.

"Sob as atuais condições do mercado, isso é uma opção, é possível. Mas ainda não decidimos. Irá depender do momento da oportunidade e de nossas necessidades", afirmou o presidente da empresa, Xiao Yaqing, a repórteres em Xangai.

"Uma exigência chave da empresa é preservar suas oportunidades e possibilidades conforme nos tornamos mais internacionais."

A Chinalco, formada há cinco anos através da consolidação de mais de 60 fundições de alumínio, comprou em janeiro 12 por cento das ações listadas em Londres da Rio Tinto, ou 9 por cento do total do grupo, juntamente com a norte-americana Alcoa Inc (AA.N: Cotações).

A Rio Tinto tenta se defender de uma oferta de compra de 150 bilhões de dólares da rival BHP Billiton (BHP.AX: Cotações) (BLT.L: Cotações), que aguarda aprovação dos órgãos reguladores na Europa e na Austrália, no fim deste ano, antes de apresentar a oferta formal.

A compra de uma participação pela Chinalco é amplamente vista como uma medida para frustrar a oferta da BHP, mas Xiao não deu indicações sobre se sua empresa irá se opor à aquisição.