PAC da Saúde será lançado ainda esse mês, diz Temporão

segunda-feira, 1 de outubro de 2007 13:19 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ministro da Saúde José Gomes Temporão anunciou nesta segunda-feira que o governo vai lançar em outubro o PAC da Saúde, com investimentos em pesquisa, gestão e unidades na área.

O volume de recursos do programa está sendo definido pelo governo, bem como o número de unidades hospitalares a serem contempladas.

"Isso está em analise técnica na Casa Civil e estamos esperando o presidente bater o martelo para divulgar" disse Temporão à Reuters. "Em outubro, com certeza, essa política será divulgada. Faltam os últimos detalhes de metas e recursos, que devem ser definidos nas próximas duas ou três semanas." O ministro afirmou que a demanda por recursos é muito grande, e provavelmente não será contemplada. As limitações, no entanto, não impedem que o plano seja ambicioso.

"Em termos de demanda, o céu é o limite na área de saúde" comentou Temporão. "Queremos que dentro do PAC esteja a regulamentação da emenda 29 e queremos definir um conjunto de recursos para atender necessidades como reajuste da tabela do SUS, ampliação dos serviços de saúde, ampliação de recursos para atendimento de doenças cardiovasculares, câncer e diabetes, e para a promoção de uma alimentação mais saudável, além da redução do fumo e das bebidas", acrescentou.

A emenda 29 vai regulamentar a destinação de recursos à saúde por Estados e Municípios. Estima-se um aumento de receita no setor, só com o cumprimento dessa emenda, de 10 bilhões de reais.

Segundo Temporão, o PAC da Saúde será implantado ano que vem e tem prazo até 2011 para cumprir suas metas.