NET mantém expectativa de crescimento e investimentos

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008 14:32 BRST
 

Por Renata de Freitas e Rodolfo Barbosa

SÃO PAULO (Reuters) - Em 2008, a Net, maior operadora de serviços via cabo do país, deve repetir o número de novos assinantes, o volume de investimentos e a margem operacional do ano passado, segundo executivos da empresa.

O desaquecimento da economia norte-americana não assusta, neste momento, e a Net acredita que o seu modelo de negócios esteja imune a uma eventual demanda mais contida do consumidor brasileiro.

"Podemos sinalizar que não há razão para acreditar que o crescimento em termos absolutos da base de assinantes seja menor do que em 2007", afirmou o diretor financeiro, João Elek, em teleconferência com jornalistas.

No ano passado, a Net conquistou mais de 300 mil clientes de TV por assinatura e mais de 500 mil em banda larga. Nos novos serviços de vídeo digital e telefonia, as adesões líquidas ficaram em torno de 400 mil.

"Se houver um crescimento um pouco mais lento, a nossa margem tende a crescer porque a despesa de venda cai", comentou o executivo, ressaltando que os serviços de comunicação prestados pela Net não podem ser considerados supérfluos.

A empresa mantém para 2008 estimativa de que a margem operacional medida pelo Ebitda fique na faixa de 26 a 28 por cento. Em 2007, ela foi de 27 por cento.

"Se o crescimento for mais acelerado, se houver mais oportunidades, tende a ir para a parte inferior dessa faixa", justificou Elek.   Continuação...