Renda pessoal nos EUA sobe em setembro, inflação segue contida

quinta-feira, 1 de novembro de 2007 10:37 BRST
 

WASHINGTON, 1o de novembro (Reuters) - A renda dos norte-americanos cresceu pouco mas de maneira consistente em setembro e o núcleo do índice de preços de gastos com consumo (PCE) registrou modesta elevação, informou o Departamento de Comércio dos Estados Unidos nesta quinta-feira, em relatório que indica poucos problemas com a inflação.

De acordo com o documento, a renda pessoal subiu 0,4 por cento, em termos anuais, em setembro, em linha com o dado revisado de 0,4 por cento de avanço em agosto.

O núcleo do PCE subiu 0,2 por cento, ante alta de 0,1 por cento de alta no mês anterior.

O PCE é uma medida de inflação contida no relatório de renda e gastos dos norte-americanos bastante acompanhada pelo Federal Reserve.