ATUALIZA-Oito bancos buscam plano de ajuda para seguradoras

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008 12:55 BRST
 

(Texto atualizado com mais informações e comentários de analistas)

NOVA YORK, 1o de fevereiro (Reuters) - Oito bancos formaram um consórcio para buscar um plano de socorro para MBIA (MBI.N: Cotações), Ambac Financial Group ABK.N e outras seguradoras com problemas, disse a CNBC nesta sexta-feira, citando uma fonte anônima.

Os oitos bancos são Barclays (BARC.L: Cotações), BNP Paribas (BNPP.PA: Cotações), Citigroup Inc (C.N: Cotações), Dresdner (ALVG.DE: Cotações), Royal Bank of Scotland (RBS.L: Cotações), Société Générale (SOGN.PA: Cotações), UBS AG UBSN.VX e Wachovia WB.N, anunciou a CNBC.

O banco Wachovia não quis fazer comentários de imediato. O Citigroup, o Ambac e o MBIA não retornaram os pedidos por comentários. Os outros bancos não estavam imediatamente disponíveis para comentários.

As ações do MBIA subiam 16,1 por cento em negociações antes da abertura do mercado. O Ambac tinha alta de 17,3 por cento.

Reguladores, incluindo o New York Insurance Commissioner Eric Dinallo, têm se reunido com representantes da indústria para discutir um plano de ajuda para seguradores de títulos, que dão garantia a aproximadamente 2,5 trilhões de dólares em débitos. O Estado e governos locais emitem grande parte desses débitos.

Muitos dessas seguradores enfrentaram problemas por ter decidido, nos últimos anos, garantir seguros complexos, frequentemente usando hipotecas, para aumentar os lucros.

Essas decisões se revelaram problemáticas no ano passado àmedida que o mercado de crédito se apertou, a inadimplência de proprietários de imóveis aumentou, e o valor desses pacotes secutirizados, incluindo as obrigações de dívidas colaterizadas, afundou.   Continuação...