ATUALIZA-Gastos com construção nos EUA caem mais que o previsto

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008 13:25 BRST
 

(Texto atualizado com mais informações)

WASHINGTON, 1o de fevereiro (Reuters) - Os gastos com construção nos Estados Unidos caíram 1,1 por cento em dezembro, mais que o esperado, pressionados por um declínio na construção de residências em meio às perdas no mercado imobiliário, informou o governo norte-americano nesta sexta-feira.

O declínio colocou a taxa anual ajustada sazonalmente em 1,140 trilhão de dólares, o nível mais baixo desde julho de 2005. O dado seguiu uma revisão para baixo em novembro, de alta de 0,1 para queda de 0,4 por cento.

Economistas ouvidos pela Reuters esperavam queda de 0,5 por cento nos gastos com construção.

A construção de moradias recuou 2,8 por cento em dezembro, para uma taxa de 462 bilhões de dólares --registrando o 22o mês consecutivo de queda desde o pico visto em fevereiro de 2006.

A construção privada diminuiu 1,0 por cento, enquanto a construção pública caiu 1,5 por cento.

O único grande setor que apresentou crescimento foi o de construções privadas não-residenciais, com alta de 1,3 por cento.

(Por Patrick Rucker)