ATUALIZA-Calor e indústria elevam consumo de energia em outubro

quinta-feira, 1 de novembro de 2007 15:47 BRST
 

(Reescreve e acrescenta mais informações)

RIO DE JANEIRO, 1o de novembro (Reuters) - Temperaturas mais altas e o aumento no nível de utilização da capacidade instalada das indústrias elevaram o consumo de energia no Brasil em 7,5 por cento no mês de outubro, ante igual mês do ano passado, informou o Operador Nacional do Sistema (ONS) nesta quinta-feira.

As regiões Sudeste e Centro-Oeste bateram recorde, com demanda 9,2 por cento maior do que há um ano.

"A taxa foi a maior do ano e foi influenciada pela ocorrência de temperaturas elevadas no longo do mês, associada ao ritmo da produção industrial", informou o operador em comunicado.

Segundo o ONS, em outubro o consumo de energia foi de 51.229 megawatts médios, sendo 31.961 megawatts consumidos pelo Sudeste e Centro-Oeste.

A divulgação ocorre na mesma semana em que o sistema elétrico brasileiro foi colocado em xeque após a Petrobras se ver obrigada a reduzir o envio de gás a distribuidoras, para poder alimentar termelétricas que foram acionadas a pedido do ONS, que busca preservar reservatórios.

Mas a partir de quarta-feira uma liminar fez com que a estatal tivesse que retomar o envio à distribuidora Ceg, do Rio, o que fez com que a geração de energia por suas térmicas caísse em torno de 250 megawatts. Ao todo, a Petrobras tem capacidade para gerar 4 mil megawatts.