Mineradoras e setor automotivo abalam bolsas européias

sexta-feira, 1 de agosto de 2008 13:06 BRT
 

PARIS (Reuters) - O principal índice de ações européias fechou em baixa nesta sexta-feira, abalado pelas ações de mineradoras após a queda dos preços de metais e pelos papéis do setor automotivo depois do alerta de lucros da BMW e do forte prejuízo da GM .

De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300 caiu 1,46 por cento, para 1.162 pontos.

A farmacêutica irlandesa Elan desabou 46 por cento depois que o segundo revés em uma semana em um produto trouxe desconfiança sobre sua linha de remédios ligados à área de biotecnologia.

Os investidores também se incomodaram com o desemprego no maior nível em quatro anos nos Estados Unidos. Julho registrou o sétimo mês seguido de corte de vagas no país--ainda que o fechamento de postos de trabalho tenha sido menos severo do que era esperado.

O petróleo também se juntou ao pessimismo desta sexta-feira, com a alta do barril reacendendo temores inflacionários e a preocupação com os lucros corporativos.

"Os dados (nos Estados Unidos) ficaram em linha com os meses anteriores... o corte de vagas foi um pouco menor do que vimos neste ano, mas a taxa de desemprego está ficando pior", disse Jean-Marc Lucas, economista do BNP Paribas, em Paris.

"Isso confirma que o mercado de trabalho está se deteriorando, e não há razão para acreditar que essa tendência vá mudar nos próximos meses, mesmo nos próximos trimestres."

A BMW caiu 5,3 por cento após o alerta de que as metas para 2008 podem não ser atendidas, além de informar queda de 48 por cento no lucro trimestral antes de impostos. O setor também foi afetado pelo prejuízo de 15,5 bilhões de dólares da General Motors e pelo lucro abaixo do esperado da Nissan .

Mas a maior influência negativa sobre o índice foi o setor minerador, com baixa de 5,7 por cento da Rio Tinto, de 5,3 por cento da Anglo American e de 6 por cento da Xstrata .   Continuação...