BOLSA EUROPA-Novos temores sobre bancos derrubam mercados

terça-feira, 1 de julho de 2008 08:43 BRT
 

Por Amanda Cooper

LONDRES, 1o de julho (Reuters) - As principais bolsas européias caminham para a quarta sessão de queda em seis pregões nesta terça-feira, derrubadas por temores de mais baixas contábeis em bancos. As ações também eram pressionadas pelo preço do petróleo alimentando temores de inflação.

Às 8h40 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que acompanha as principais empresas da Europa, tinha queda de 2,3 por cento, para 1.173 pontos. O índice está rondando o pior nível desde outubro de 2005, patamar alcançado na semana passada.

Os bancos figuram entre os piores desempenhos do dia, com o índice do setor no nível mais baixo desde junho de 2003 . A ação do UBS UBSN.VX atingiu o pior patamar em 10 anos, despencando 6,7 por cento, enquanto o Deutsche Bank (DBKGn.DE: Cotações) perdia 5 por cento com rumores de que mais baixas contábeis podem afetar os lucros do setor no segundo trimestre.

O HSBC (HSBA.L: Cotações) perdia 3 por cento, o Royal Bank of Scotland (RBS.L: Cotações) e o UniCredit (CRDI.MI: Cotações) despencavam entre 4 e 6 por cento.

"Isso é mais preocupação vindo sobre o setor bancário novamente, há muitos rumores de baixas contábeis", afirmou Andrea Williams, chefe de ações européias no Royal London Asset Management.

"Estamos obviamente no período crítico dos números do segundo trimestre e os analistas finalmente estão começando a reduzir suas previsões para 2009. Eles provavelmente estão ficando mais realistas sobre as empresas que cobrem... está tudo muito obscuro", explicou.

O FTSEurofirst 300 acumula queda de 22 por cento em 2008, derrubado por temores sobre os prejuízos multibilionários dos bancos, o peso da crise de crédito na economia global e a ameaça de inflação.

"Não há motivos para se ter ações no momento", afirmou o gerente de ativos Stefan de Schutter, no Alpha Trading, em Frankfurt.   Continuação...