Número de mortos no Iraque cai em setembro

quarta-feira, 1 de outubro de 2008 09:04 BRT
 

BAGDÁ, 1o de outubro (Reuters) - O número de civis mortos no Iraque no mês passado caiu para 359, quase metade em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pelo governo iraquiano. O número de militares norte-americanos mortos no país também caiu drasticamente.

As mortes de norte-americanos em combate caíram para oito em setembro, contra 12 no mês anterior e 43 em setembro do ano passado, segundo as estatísticas do site independente www.icasualties.org.

Nos últimos meses, a violência caiu no Iraque para os níveis mais baixos em quatro anos, mas os militantes ainda têm conseguido empreender ataques em grande escala.

No mês passado, uma série de ataques a bomba atingiu civis que faziam compras antes da refeição noturna, no mês muçulmano do Ramadã, no norte do Iraque, área onde a Al Qaeda é ativa, segundo o Exército dos Estados Unidos. Lá, os ataques são quase diários.

Mas o número de 359 civis mortos ainda é mais baixo do que em agosto, quando 382 morreram. Cerca de 884 civis iraquianos foram mortos em setembro do ano passado.

O Pentágono retirará 8 mil militares do Iraque em fevereiro, deixando 138 mil no país.

Cerca de 4.175 militares norte-americanos foram mortos no Iraque e em áreas adjacentes, onde as tropas estão estacionadas, desde a invasão do país, em 2003, segundo dados da Reuters.

Entre 87.919 e 95.954 civis iraquianos morreram, de acordo com o site www.iraqbodycount.net (IBC), administrado por acadêmicos e pacifistas. Seus dados são baseados em relatos de pelo menos duas fontes de mídia.

(Por Mohammed Abbas)