CONSOLIDA-Dados industriais nos EUA indicam níveis de recessão

quarta-feira, 1 de outubro de 2008 17:25 BRT
 

Por Burton Frierson

NOVA YORK, 1o de outubro (Reuters) - A atividade industrial norte-americana encolheu em setembro para o menor nível desde a recessão de 2001, e empregadores privados fecharam vagas pela terceira vez em quatro meses com a crise financeira se intensificando na maior economia do mundo.

O setor privado cortou 8 mil empregos em setembro, de acordo com relatório da ADP Employer Services que não captou o impacto do caos financeiro das últimas semanas.

O Instituto de Gestão do Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) informou que seu índice de atividade nacional caiu para 43,5 no mês passado, ante 49,9 em agosto. O dado ficou abaixo da marca de 50,0 que separa contração de expansão.

Foi a pior leitura desde os 40,8 de outubro de 2002, quando a economia ainda era atingida pela última recessão.

As indústrias vinham se mantendo relativamente bem na atual desaceleração devido à alta das exportações, mas o relatório indicou a economia global sofrendo fortemente.

"Pela primeira vez, (o cenário) está realmente começando a parecer uma recessão", afirmou Marc Pado, estrategista de mercado da Cantor Fitzgerald.

"Talvez nós não tenhamos esse número no quarto trimestre necessariamente, mas será difícil neste momento evitar uma recessão."

  Continuação...