ATUALIZA-Balança tem superávit de US$2,7 bi em setembro

quarta-feira, 1 de outubro de 2008 18:52 BRT
 

(Texto atualizado com comentários do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)

SÃO PAULO/BRASÍLIA, 1o de outubro (Reuters) - A balança comercial brasileira fechou setembro com superávit de 2,762 bilhões de dólares e, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, ainda não sofre reflexos da crise internacional.

O superávit divulgado nesta quarta-feira ficou acima do registrado em agosto, que foi de 2,268 bilhões de dólares, mas abaixo dos 3,477 bilhões de dólares registrados no mesmo período do ano passado.

As exportações somaram 20,025 bilhões de dólares no mês passado, enquanto as importações totalizaram 17,263 bilhões de dólares.

"É muito cedo para identificar uma relação entre a atual crise econômica e o desempenho exportador brasileiro... Pode haver efeitos, mas esses efeitos só serão sentidos no futuro, daqui 60, principalmente, 90 dias", afirmou o secretário de Comércio Exterior do ministério, Welber Barral.

Segundo ele, a balança comercial ainda não reflete a crise externa porque os contratos de importação e exportação são de longo prazo.

"Não há ainda um efeito de queda de exportação... o que pode haver é um efeito de redução de crédito, mas isso nós temos que avaliar."

No ano, o superávit comercial é de 19,656 bilhões de dólares, uma queda de mais de 10 bilhões de dólares em relação ao acumulado no mesmo período do ano passado.

Analistas consultados pelo Banco Central projetam superávit comercial de 23,7 bilhões de dólares para a balança em 2008.

(Reportagem de Renato Andrade e Ana Paula Paiva; Edição de Daniela Machado)