2 de Outubro de 2008 / às 11:02 / 9 anos atrás

REPERCUSSÃO-Aprovação de pacote terá efeito positivo curto

WASHINGTON, 2 de outubro (Reuters) - O Senado dos Estados Unidos aprovou o pacote de 700 bilhões de dólares para amenizar a crise financeira na noite de quarta-feira.

Veja comentários de analistas sobre a aprovação.

HIROAKI KURAMOCHI, CHEFE DE AÇÕES, TOKAI TOKYO SECURITIES:

”Os investidores têm uma crescente visão de que ainda há uma incerteza sobre se a aprovação resultará em uma solução fundamental dos problemas.

Precisamos ver o resultado da votação na Câmara dos Deputados, os dados de emprego (nesta quinta-feira e na sexta-feira) e o impacto (do pacote) na economia real.”

THOMAS CHOI, DIRETOR DE AÇÕES, UBS HANA ASSET MANAGEMENT SEUL:

”Embora a notícia certamente seja positiva, (o pacote) não vai resolver todos os problemas que já temos hoje nos mercados e nas economias. É bem óbvio neste momento que a economia real passa por uma séria desaceleração, com... um sério esgotamento de recursos, ou dinheiro, para o consumidor, à medida em que a situação do emprego piora.

São montanhas e montanhas de problemas e a economia provavelmente continuará afundada por ao menos mais um ano.”

MASAMICHI ADACHI, ECONOMISTA SÊNIOR, JPMORGAN SECURITIES, JAPÃO:

”É claramente uma notícia positiva, mas ainda há a votação na Câmara dos Deputados, então há pouco espaço para otimismo. Mesmo se for aprovado (na Câmara), continuarão as preocupações sobre as perspectivas econômicas globais, então os mercados não devem se estabilizar.

É um mundo completamente diferente agora. Todas as coisas que as autoridades norte-americanas estão fazendo agora visam simplesmente prevenir um derretimento global. (A aprovação pelo Senado) deve resultar em um rali curto dos mercados, mas não oferece uma solução fundamental.”

JEON SEUNG-JI, ANALISTA CAMBIAL, SAMSUNG FUTURES, SEUL:

“A aprovação pelo Senado pode enfraquecer o apetite por ativos mais seguros no curto prazo. Mas eu não sei se o pacote vai amenizar as preocupações sobre a crise financeira em um prazo mais longo.”

MARK PERVAN, ANALISTA SÊNIOR DE COMMODITIES, ANZ, MELBOURNE:

“Isso não muda o cenário. A Câmara é que é o grande obstáculo. Isso deve ser positivo para o mercado, mas a maior barreira ainda está por vir. Mesmo se for aprovado pela Câmara, o pacote não muda realmente as fracas perspectivas de longo prazo. Se ele for rejeitado novamente, poderemos ver mais dor nos mercados.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below