BOVESPA-Mercado opera em alta com bom humor externo e interno

sexta-feira, 2 de maio de 2008 11:11 BRT
 

SÃO PAULO, 2 de maio (Reuters) - O bom humor do mercado externo nesta sexta-feira e o otimismo interno, por conta da elevação do Brasil ao grau de investimento, ditavam a valorização da Bolsa de Valores de São Paulo nesta manhã pós-feriado.

Às 11h04, o Ibovespa .BVSP subia 3,06 por cento, a 69.944 pontos, depois de bater novo recorde de alta a quase 71 mil pontos. O volume financeiro negociado era de 2,9 bilhão de reais.

A puxada também era decorrente de um movimento de ajuste em relação à forte alta das ADRs brasileiras na véspera, resultado do da obtenção do grau de investimento pelo país.

"Esse ritmo de alta da bolsa repercute todos esses fatores, mas o que precisamos notar é por quanto tempo isso vai durar. É um ritmo muito forte para ser mantido por muito tempo", disse Luiz Roberto Monteiro, assessor de investimentos da corretora Souza Barros.

Ele acrescentou que o país "tem que continuar fazendo a lição de casa", ou seja, diminuir o déficit público, cortar gastos, enfim, criar condições para que o otimismo gerado pelo grau de investimento não seja apenas momentâneo.

Na bolsa paulista, as ações de bancos estavam entre as maiories altas, com o Bradesco BBDC4.SA subindo 7,3 por cento e o Itaú .ITAU4.SA 7,8 por cento.

A Petrobras .PETR4.SA valorizava 2 por cento, negociada a 43,05 reais e a Vale (VALE5.SA: Cotações) subia 0,4 por cento, a 53,80 reais.

Nos EUA, as bolsas também subiam após dados que mostraram fechamento de postos do mercado de trabalho norte-americano menor do que era previsto e encomendas à indústria melhores que o esperado.