Homem-bomba mata 39 pessoas no Paquistão em encontro tribal

domingo, 2 de março de 2008 09:51 BRT
 

ISLAMABAD (Reuters) - Pelo menos 39 pessoas morreram e muitas outras ficaram feridas quando um homem-bomba atacou um tradicional encontro de etnias no noroeste do Paquistão no domingo, disseram autoridades.

O país está no meio de uma onda de violência devido aos militantes ligados à Al Qaeda, localizados em terras tribais na fronteira com o Afeganistão.

Somente este ano, 500 pessoas foram mortas em casos de violência de militantes.

Uma autoridade do governo em Darra Adam Kheil, região tribal, disse à Reuters que a bomba foi detonada quando líderes de etnias estavam fazendo um encontro ao ar livre, chamado "jirga".