Estatal turca e Petrobras antecipam exploração no Mar Negro

sábado, 2 de fevereiro de 2008 11:30 BRST
 

ANCARA (Reuters) - A petrolífera estatal da Turquia TPAO anunciou neste sábado a antecipação das atividades de exploração, em parceria com a Petrobras, no Mar Negro, para 2009, ao invés de 2011 como havia sido planejado anteriormente.

"As pesquisas realizadas com a Petrobras perto de Sinop (na costa turca do Mar Negro) foram concluídas no ano passado. Abriremos o primeiro poço em 2009, dois anos antes (do previsto)", disse Mehmet Uysal, diretor-geral da TPAO, a jornalistas.

A Petrobras investirá 400 milhões de dólares nos próximos quatro anos nas atividades de exploração do Mar Negro, segundo Uysal.

A Turquia também deu início à exploração de gás e petróleo no Golfo de Saros, no Mar Egeu, compartilhado com a Grécia, afirmou o ministro de Energia turco, Hilmi Guler.

A Turquia e a Grécia travam disputas territoriais por algumas áreas do Mar Egeu, porém as relações entre Ancara e Atenas melhoraram nos últimos anos.

"Começamos as atividades de exploração no golfo de Saros, no Mar Egeu, e isto é importante para os trabalhos que estamos desenvolvendo recentemente. Foi detectado um local bom", avaliou Guler.

Uysal, por sua vez, disse que a zona onde era realizada a exploração de petróleo e gás encontra-se a 10 quilômetros da costa turca.

A TPAO investirá, no mínimo, 826 milhões de dólares nas explorações na Turquia e no exterior em 2008, acrescentou.

Além disso, o diretor-executivo da estatal destacou que a companhia completará levantamentos sismológicos no Mediterrâneo dentro de um ano e meio e trabalhará em parceria com empresas estrangeiras.

(Por Orhan Coskun)