BOLSA EUA-Temor sobre economia dos EUA e crédito derruba Wall St

quinta-feira, 2 de outubro de 2008 18:25 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações e comentários de analistas)

Por Kristina Cooke

NOVA YORK, 2 de outubro (Reuters) - As bolsas de valores norte-americanas fecharam em forte queda nesta quinta-feira, diante do aperto no crédito e dos fracos dados econômicos, que colocaram foco no árduo futuro previsto para a economia dos EUA, independentemente da aprovação do pacote de 700 bilhões de dólares.

O índice Dow Jones .DJI tombou 3,22 por cento, a 10.482 pontos. O Standard & Poor's 500 .SPX mergulhou 4,03 por cento, a 1.114 pontos.

O Nasdaq .IXIC despencou 4,48 por cento, para 1.976 pontos.

Temores de que a economia pode entrar em recessão, cortando ainda mais os lucros corporativos, justificaram as quedas.

Dados sobre o número de pedidos de auxílio-desemprego, que atingiram a máxima em sete anos, pintam um cenário tenso, à medida que um relatório mostrou uma forte queda nos pedidos industriais em agosto.

"É quase uma tempestade perfeita e está começando a chegar a aqui", afirmou Alan Lancz, presidente da Alan B. Lancz & Associates, acrescentando que os dados fracos expuseram a extensão do dano vindo dos mercados de crédito.

Isto acrescentou a ansiedade com o destindo do plano de resgate do governo, que o Senado aprovou na quarta-feira após o Câmara rejeitar a sua forma orginal. Uma segunda votação da Câmara dos Deputados deve ocorrer na sexta-feira.

Os preços do petróleo caíram mais de 4 por cento com as turbulências financeiras elevando as preocupações com a demanda por combustível e metais preciosos recuaram com a valorização do dólar.

"Existe um grande temor de que a lei não seja aprovada, que está pesando sobre o mercado, e ao mesmo tempo nós estamos vendos as commodities despencando", afirmou Angel Mata, diretora-gerente de operações com ações listadas da Stifel Nicolaus Capital Markets.