Energia impulsiona preços do atacado na zona do euro em maio

quarta-feira, 2 de julho de 2008 08:20 BRT
 

Por Marcin Grajewski

BRUXELAS, 2 de julho (Reuters) - Os crescentes custos de energia impulsionaram os preços do atacado na zona do euro para patamar acima do esperado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira, reforçando a especulação de que o Banco Central Europeu possa elevar a taxa de juro mais uma vez este ano.

Os preços nas fábricas nos 15 países que usam o euro subiram 1,2 por cento na comparação mês a mês para um ganho anual de 7,1 por cento, afirmou a agência de estatísticas da União Européia, a Eurostat.

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma alta de 0,9 por cento no mês e de 6,7 por cento no ano.

A Eurostat ainda revisou para cima, em 0,1 ponto, o aumento dos preços no atacado em abril, para 0,9 por cento na comparação mensal e 6,2 por cento no ano.

Os preços subiram em maio principalmente devido aos custos de energia, que aumentaram 4,1 por cento no mês e 18,2 por cento na comparação anual.