CÂMBIO-Dólar monitora exterior e opera em baixa

quarta-feira, 2 de abril de 2008 10:43 BRT
 

SÃO PAULO, 2 de abril (Reuters) - O dólar operava em baixa nesta quarta-feira, refletindo o ânimo internacional com a surpresa positiva no mercado de trabalho dos Estados Unidos.

Às 10h40, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 1,737 real, com queda de 0,46 por cento. Na véspera, o dólar já havia recuado 0,46 por cento.

O relatório da consultoria privada ADP Employer Services mostrou que o setor privado dos Estados Unidos gerou 8 mil empregos em março, contrariando o pessimismo das expectativas.

Os dados antecedem a divulgação, na sexta-feira, de um relatório do governo sobre o emprego --números que podem trazer novos sinais de recessão na maior economia do mundo.

"O (dado de emprego da) ADP surpreendeu. E o mercado já vinha numa mudança de humor havia uns dois dias", disse Marcelo Voss, economista-chefe da corretora Liquidez.

As bolsas norte-americanas, porém, operavam em leve baixa logo após a abertura. Os investidores repercutiam o discurso do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, que admitiu ao Congresso a possibilidade de uma retração econômica no primeiro semestre de 2008.

"O dólar está em um período de acomodação. Vai ficar por muito tempo entre 1,70 e 1,75 (real)", estima o economista.

O mercado espera a divulgação do fluxo cambial de março pelo Banco Central, a partir das 12h30. De acordo com dados parciais, o país acumulava 8,109 bilhões de dólares em entradas no mês passado até o dia 19.

(Por Silvio Cascione; Edição de Vanessa Stelzer)