2 de Setembro de 2008 / às 11:15 / 9 anos atrás

Telefónica procura fortalecer presença na China

SANTANDER (Reuters) - O presidente-executivo da Telefónica, Julio Linares, disse que a companhia espera fortalecer sua presença no mercado de telecomunicações chinês com a fusão iminente da China Netcom, sua parceira, com a China Unicom .

“Nós estamos felizes em ter essa oportunidade de fortalecer nossa presença na China”, Linares disse a repórteres no fim da segunda-feira.

“Nosso alvo é impulsionar nossa cooperação (com a China Netcom) e estendê-la para outras áreas com o novo grupo (resultante da fusão), que deve ter um grande potencial”, acrescentou.

A aliança com a China Netcom inclui compra de equipamentos e desenvolvimento de novos serviços, ambos em conjunto.

A Telefónica possui 5 por cento da China Netcom, o que possibilita que ela tenha dois assentos no quadro de dirigentes da empresa, e já se comprometeu em aumentar essa participação para 7 por cento.

Linares disse que a fusão iminente entre sua parceira e a China Unicom tem mudado os termos do acordo inicial, mas não excluiu a possibilidade de a Telefónica aumentar sua participação no novo grupo.

Baseado em sua participação atual na China Netcom, a Telefónica teria de 2 a 3 por cento do novo grupo.

Reportagem de Robert Hetz

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below