CÂMBIO-Ajustes e fraqueza das ações fazem dólar operar em alta

terça-feira, 2 de outubro de 2007 10:42 BRT
 

SÃO PAULO, 2 de outubro (Reuters) - O dólar operava em alta nesta terça-feira após cinco quedas consecutivas, com ajustes no mercado de câmbio em meio à fraqueza na bolsa brasileira e à recuperação do dólar no exterior.

Às 10h39, a moeda norte-americana BRBY subia 0,66 por cento, para 1,822 real. Na véspera, o dólar caiu 1,36 por cento e fechou no menor valor desde agosto de 2000, a 1,810 real.

A agenda vazia desta terça-feira favorecia ajustes de posição após a consistente baixa do dólar nas últimas sessões. No exterior, o dólar também recuperou um pouco do terreno perdido e deixou de ser cotado na mínima recorde ante o euro.

O mercado "está realizando um pouco (de lucros), acompanhando o restante do mundo... depois de um bom tempo com o dólar perdendo valor em todas as moedas", disse Gustavo Cunha, operador de derivativos do Rabobank.

Ante uma cesta com as principais moedas, o dólar .DXY tinha alta de 0,47 por cento, após ter atingido a mínima recorde na segunda-feira. A queda da moeda norte-americana em todo o mundo tem sido alimentada pelo corte dos juros nos Estados Unidos, que aumentou a procura dos investidores por ativos não-denominados em dólares.

A timidez da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) também contribuía para a alta da divisa no Brasil. A bolsa paulista operava em queda de 0,13 por cento, devolvendo parte da alta da véspera.

De acordo com agentes de mercado, a alta da Bovespa tem sido um dos principais combustíveis da queda do dólar no país, já que boa parte da demanda pelas ações brasileiras é de estrangeiros que precisam comprar reais para aplicar no mercado local.