Copersucar fecha acordo para exportar álcool ao Japão

quarta-feira, 2 de julho de 2008 16:33 BRT
 

SÃO PAULO, 2 de julho (Reuters) - O grupo de açúcar e álcool brasileiro Copersucar anunciou na quarta-feira que assinou um acordo com a Japan Biofuels Supply LLP (JBSL), abrindo caminho para exportar anualmente 200 milhões de litros de álcool para o Japão.

O álcool brasileiro será usado para a produção do aditivo ETBE, que é misturado na gasolina do Japão, país que conta com a segunda maior frota do mundo depois dos Estados Unidos.

O álcool corresponde a 43 por cento da matéria-prima do bio-ETBE.

Representantes da empresa e os ministros do Comércio brasileiro, Miguel Jorge, e japonês, Akira Amari, estiveram em Brasília nesta quarta-feira para assinar um acordo que abrirá as portas para a Copersucar embarcar álcool para a JBSL.

Em preços atuais de mercado, o acordo pode valer 100 milhões de dólares por ano em receitas para o Brasil.

"Trata-se de um contrato de longo prazo, pioneiro, com cláusulas de sustentabilidade e que reflete o êxito de nossa estratégia para crescer em todos os mercados de álcool carburante", disse o diretor executivo de vendas da Copersucar, Paulo Roberto de Souza, em comunicado.

A Copersucar, um dos principais grupos de açúcar e álcool do Brasil junto com a Cosan CZLT11.SA(CZZ.N: Cotações) e a Crystalsev, elevou sua capacidade de moagem de cana para 70 milhões de toneladas nesta temporada, ante 65 milhões em 2007/08.

O grupo, que controla 33 usinas, espera produzir 3,9 milhões de toneladas de açúcar, alta de 10 por cento em relação à temporada passada, e 3,7 bilhões de litros de álcool, 14 por cento a mais.

Se o Japão ampliar a mistura de álcool ou ETBE na gasolina, como esperado nos próximos anos, isso poderia dobrar as exportações do Brasil, que atingiram 3,1 bilhão de litros em 2007/08.

"O Japão tem adotado medidas para reduzir a emissão de gás carbônico e quer mostrar ao mundo que está na vanguarda na luta contra o aquecimento global", disse o diretor-presidente executivo da Copersucar, Luís Roberto Pogetti.

(Por Reese Ewing)