Morgan Stanley eliminará 600 empregos em setor subprime

terça-feira, 2 de outubro de 2007 23:04 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O Morgan Stanley anunciou na terça-feira que vai demitir 600 funcionários de sua unidade de hipotecas residenciais, o que corresponde a cerca de 25 por cento da força de trabalho, no sinal mais recente de que a desaceleração no setor hipotecário deve ser prolongada.

O segundo maior banco de investimentos do mundo informou que 500 postos de trabalho serão eliminados nos Estados Unidos e outros 100 na Europa, principalmente no Reino Unido. Além disso, o Morgan Stanley vai agrupar todas suas operações na área de hipotecas sob uma única plataforma, que terá sede na cidade de Irving, no Texas. O anúncio é feito num momento de fortes quedas nos empréstimos hipotecários, abalados recentemente pela inadimplência no setor subprime que causou tensões nos mercados.

No mês passado, o Lehman Brothers anunciou a eliminação de 850 postos de trabalho nos EUA e no Reino Unido, além dos 1.200 resultantes do fechamento de sua unidade que opera no setor subprime (de alto risco).

O Credit Suisse planeja reduzir 150 postos de trabalho, enquanto o HSBC Holdings anunciou o fechamento de sua unidade de hipotecas nos EUA, eliminando 750 empregos.

A Countrywide Financial, maior empresa de concessão de crédito imobiliário dos Estados Unidos, eliminará 12 mil empregos, ou 20 por cento de sua força de trabalho. Analistas esperam que outras empresas do setor também demitam.

(Por Joe Giannone, Dane Hamilton e Ed Leefeldt)