PERFIL-Bilionário, Eike Batista elege petróleo como próximo alvo

quarta-feira, 2 de abril de 2008 17:24 BRT
 

Por Andrei Khalip

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O magnata brasileiro da mineração Eike Batista atribui o sucesso de seu negócio, montado do nada e hoje avaliado em bilhões de dólares, às regras básicas da exploração de minérios que aprendeu indo explorar regiões produtoras de ouro quando era jovem.

"Na mineração, a gente vai a algum lugar maluco, monta um acampamento, viabiliza água e energia e assim consegue construir quase qualquer coisa. Essa é a postura básica. Essa é a minha vida. Foi assim que aprendi a construir as coisas do nada", afirmou o bilionário Batista, 51, um dos executivos mais ricos do mundo da mineração.

Batista concluiu nos últimos dias a venda de dois projetos de exploração de minério de ferro para a Anglo American Plc (AAL.L: Cotações), por 5,5 bilhões de dólares.

Depois do negócio, o empresário ainda continuará sendo dono de 700 milhões de toneladas de reservas de minério de ferro, um projeto de exploração de bauxita, portos, usinas de energia, uma empresa de água e sua mais recente paixão exploratória -- petróleo e gás natural.

Entre os outros talentos desse executivo carismático, conta-se um meticuloso processo de seleção de geólogos e gerentes habilidosos, aos quais oferece participação em suas empresas a fim de engajá-los mais profundamente nos esforços para obter resultados positivos.

Executivos das duas maiores empresas do Brasil, a Vale (VALE5.SA: Cotações)RIO.N e a Petrobras (PETR4.SA: Cotações)(PBR.N: Cotações), reconhecem que Batista conta com equipes excelentes de geólogos tirados de seus próprios núcleos de treinamento tanto na área de ferro quanto na de petróleo.

CONSTRUINDO UMA NOVA IMAGEM   Continuação...