Para FMI, BCE deve manter taxas de juros inalteradas

segunda-feira, 2 de junho de 2008 07:37 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu deve manter as taxas de juros inalteradas devido às pressões inflacionárias, disse o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta segunda-feira.

Em um relatório sobre a economia na zona do euro divulgado nesta segunda-feira, o FMI aumentou sua projeção de crescimento para os 15 países que utilizam o euro para 1,75 neste ano contra 1,4 por cento previsto anteriormente e com estimativa de 1,25 por cento para 2009.

A inflação, que voltou a atingir o recorde de 3,6 por cento na região em maio, atingiu "níveis desconfortáveis", segundo o FMI, que prevê que o índice deve voltar a ficar abaixo de 3 por cento num futuro próximo e que deve cair abaixo de 2 por cento --meta do Banco Central Europeu-- para o final de 2009.