BOLSA EUROPA-Índices batem maior nível em 2 meses

sexta-feira, 2 de maio de 2008 09:12 BRT
 

Por Blaise Robinson

PARIS, 2 de maio (Reuters) - As bolsas de valores da Europa operam em alta nesta sexta-feira em um nível não visto desde fevereiro. A valorização é apoiada em rali de ações de bancos, enquanto companhias aéreas sobem com rumores de fusão e depois de uma recente queda no petróleo.

Investidores aguardam para às 9h30 (horário de Brasília) a divulgação de dados de trabalho do mercado de trabalho norte-americano, em busca de indicações sobre o estado da maior economia do mundo.

O banco espanhol Santander (SAN.MC: Cotações) subia mais de quatro por cento, enquanto a Telefónica (TEF.MC: Cotações) avançava 2,7 por cento incentivados por sua exposição ao Brasil, que foi elevado a grau de investimento pela agência de classificação de risco Standard & Poor's, na quarta-feira.

A Renault (RENA.PA: Cotações) subia 5,5 por cento depois que dados mostraram forte vendas de veículos na França pela montadora em abril e depois da Nissan (7201.T: Cotações), na qual a Renault tem importante participação, divulgar recuperação de vendas nos Estados Unidos em abril.

Às 9h06 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 subia 1,17 por cento, a 1.354 pontos. O indicador subiu 6 por cento no mês passado, na melhor performance mensal desde o final de 2003, depois que resultados de empresas vieram melhor que o esperado pelos investidores. Apesar disso, o índice ainda acumula queda de 10 por cento no ano.

Os bancos, que têm sido duramente atingidos por enormes baixas contábeis geradas pelas turbulências no mercado hipotecário dos EUA, operavam em alta nesta sexta-feira. O BNP Paribas (BNPP.PA: Cotações) e o Royal Bank of Scotland (RBS.L: Cotações) subiam cerca de 3 por cento.

As companhias aéreas também avançavam, ampliando rali da véspera, motivadas por notícias de que a British Airways BAY.L está negociando com duas rivais norte-americanas uma aliança. A queda nos preços do petróleo também incentiva os papéis do setor.

A Air France-KLM (AIRF.PA: Cotações) subia 3,71 por cento, Lufthansa (LHAG.DE: Cotações) tinha alta de 3,3 por cento e a British Airways BAY.L se valorizava em 0,31 por cento.   Continuação...