Ouro dispara para nível mais alto em 28 anos, próximo de recorde

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008 13:35 BRST
 

LONDRES, 2 de janeiro (Reuters) - O ouro disparou para o nível mais alto em 28 anos nesta quarta-feira, impulsionado pelo avanço do petróleo, um dólar fraco e crescentes tensões geopolíticas, tornando um teste sobre o recorde de 850 dólares a onça uma possibilidade real no primeiro dia de negócios de 2008.

Outros metais também tinham fortes altas, com a platina próxima do recorde de 1.542 dólares a onça, e a prata, que atingiu o patamar mais alto em cinco semanas.

O ouro à vista XAU= chegou a 848,60 dólares a onça --valor mais alto desde janeiro de 1980 quando os preços bateram o recorde de 850 dólares.

Mais tarde, o metal perdeu um pouco de fôlego. Às 13h27, era cotado a 846,20/847,00 dólares. Na segunda-feira, o ouro era cotado a 832,70/833,50 dólares em Nova York.

"Os fundamentos estão bem fortes para o ouro, não há nenhuma dúvida sobre isso", disse David Thurtell, analista de metais no BNP Paribas.

"Certamente... o dólar fraco e as turbulências no mercado de crédito têm sido favoráveis ao ouro, e o pretróleo atingindo 97 dólares não está atrapalhando", acrescentou.

(Reportagem de Atul Prakash e Veronica Brown)