3 de Janeiro de 2008 / às 20:27 / em 10 anos

Bovespa termina em leve alta após sobe-e-desce

Por Cesar Bianconi

SÃO PAULO (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo terminou a quinta-feira com discreta alta, acompanhando o movimento em Wall Street, e as ações da Cesp voltaram a se destacar.

O Ibovespa subiu 0,12 por cento, aos 62.891 pontos. Na máxima do dia, o principal índice da bolsa paulista subiu 0,5 por cento e na mínima perdeu 0,4 por cento. O volume de negócios na bolsa ficou em 4,3 bilhões de reais.

Em Nova York, o índice Dow Jones registrava valorização de 0,2 por cento quando a Bovespa fechou. Dados acima do esperado sobre encomendas à indústria norte-americana deram certo alívio aos investidores sobre a situação da maior economia do mundo.

O petróleo em Nova York ainda rondou o patamar dos 100 dólares por barril, mas fechou em leve baixa. As ações preferenciais da Petrobras perderam 1,6 por cento, a 85,60 reais.

“O petróleo tem subido lá fora, chegou a bater os 100 dólares. Mas aqui a Petrobras não repassa isso para os preços, prejudicando o papel”, afirmou o operador Américo Reisner, da corretora Fator.

Entre as ações do Ibovespa, as da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) estiveram no topo da lista de valorização durante boa parte do dia. Esses papéis fecharam em alta de 7,3 por cento, a 49,10 reais.

O UBS Pactual elevou de 45 reais para 60 reais seu preço-alvo para as ações da Cesp e reiterou a recomendação de compra dos papéis, devido à incorporação da projeção de maiores preços de energia.

O UBS Pactual também mencionou em relatório a expectativa positiva com a privatização da Cesp, que deve ocorrer neste trimestre.

BANCOS

As ações de bancos voltaram a cair, ainda refletindo o pacote do governo para compensar o fim da CPMF, que inclui a elevação da alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para instituições financeiras.

Banco do Brasil recuou 1,5 por cento, Bradesco cedeu 2 por cento, Itaú caiu 1,9 por cento e Unibanco teve desvalorização de 1,7 por cento.

“Tomando por base um cálculo bem simples... nossas estimativas de preço-alvo (para as ações dos bancos) se reduziriam em cerca de 8 por cento”, afirmou a corretora Ágora em relatório.

As ações da Gol caíram 5,2 por cento, para 40,20 reais. Os papéis reagiram ao comunicado, na noite de quarta-feira, informando que o fundo de investimento controlador da companhia aérea não tem planos, neste momento, de realizar uma oferta pública de cancelamento de registro de empresa aberta da Gol.

Em setembro passado, a companhia havia informado que seu acionista controlador analisava alternativas em relação à sua participação na Gol, inclusive uma oferta pública de compra de toda a empresa para retirada da bolsa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below