Mercado segue fraqueza das bolsas e dólar sobe 0,82%

quarta-feira, 3 de outubro de 2007 16:38 BRT
 

Por Fabio Gehrke

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta nesta quarta-feira pelo segundo dia consecutivo, acompanhando o movimento dos mercados no exterior e a fraqueza da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

A moeda norte-americana subiu 0,82 por cento, para 1,840 real, seguindo o movimento de recuperação do dólar no mercado internacional.

A Bovespa, que colaborou para a queda do dólar nas últimas sessões, passou a ser uma das responsáveis pelo avanço da moeda depois que investidores estrangeiros decidiram realizar lucros.

Júlio César Vogeler, operador de câmbio da Corretora Didier Levy, avaliou que o dólar subiu devido à "realizaçao de lucro por parte dos estrangeiros" mas que se trata apenas de um movimento passageiro.

A queda do dólar vinha predominando desde a decisão do Federal Reserve, em meados de setembro, de cortar a taxa básica de juro norte-americana em 0,50 ponto porcentual.

O mercado também acompanhou a divulgação, pelo Banco Central, dos dados consolidados sobre o fluxo cambial líquido em setembro --que ficou levemente negativo, em 3 milhões de dólares.

Na primeira metade do mês passado, até o dia 19, o fluxo negativo era de mais de 1 bilhão de dólares.

"O fluxo maior (de entrada) no final de setembro valorizou o câmbio e a bolsa... mostrando que (a crise do) 'subprime' teve uma contaminação de pouco impacto", disse Marcelo Voss, economista-chefe da Corretora Liquidez.

Ele ponderou, no entanto, que "ainda estamos longe de uma definição" sobre a crise originada no mercado de crédito imobiliário de alto risco dos Estados Unidos. "Definição só no final do primeiro trimestre de 2008."