BOLSA EUA-Petróleo e dados de emprego sustentam Dow Jones

quinta-feira, 3 de julho de 2008 15:20 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações e fechamento oficial)

Por Kristina Cooke

NOVA YORK, 3 de julho (Reuters) - O índice Dow Jones fechou em alta nesta quinta-feira, aliviado com dados sobre emprego que não se mostraram tão fracos como alguns temiam. Além disso, um novo recorde do petróleo impulsionou as companhias do setor de energia.

O índice Standard & Poor's 500 teve discreta alta nesta sessão mais curta por ser véspera de feriado. O Nasdaq caiu após a fabricante de chips Nvidia (NVDA.O: Cotações) cortar a perspectiva de resultados, citando a fraqueza do mercado global.

O Dow Jones .DJI subiu 0,65 por cento, a 11.288 pontos. O S&P 500 .SPX subiu 0,11 por cento, a 1.262 pontos. O Nasdaq .IXIC perdeu 0,27 por cento, a 2.245 pontos.

Nesta semana, o Dow acumulou baixa de 0,5 por cento, o S&P 500 recuou 1,2 por cento e o Nasdaq caiu 3 por cento. Foi a quinta semana de queda consecutiva do S&P 500 e do Nasdaq, e a terceira de baixa consecutiva do Dow.

Os preços do petróleo superaram 145 dólares por barril na véspera do feriado do Dia da Independência. As ações da Exxon Mobil (XOM.N: Cotações) e da Chevron (CVX.N: Cotações) deram impulso para os índices Dow e S&P 500.

O Departamento de Trabalho informou que os empregadores cortaram 62 mil vagas em junho, no sexto mês de queda consecutiva. O dado ficou em linha com as expectativas de economistas.

"Os números (do emprego) não vieram tão mal quanto se esperava", disse Joe Saluzzi, co-gerente de operações da Themis Tradin. "Algumas pessoas temiam um corte de 100 mil empregos ou mais."

Ações de grandes indústrias como a 3M (MMM.N: Cotações) subiram após o relatório de emprego, reforçando a alta do Dow.