Empresa argentina descobre novo campo de gás na Bolívia

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008 21:24 BRST
 

LA PAZ (Reuters) - A empresa argentina Pluspetrol descobriu um campo de gás natural na região oriental da Bolívia que poderá produzir 2,4 milhões de metros cúbicos por dia a partir do fim do ano, disse o governo boliviano na quinta-feira.

Isso representaria mais que a metade do total de gás natural que a Bolívia exporta atualmente para a Argentina, o que é estimado em torno de 4 milhões de metros cúbicos por dia.

O ministro dos Hidrocarbonetos, Carlos Villegas, disse em entrevista coletiva que a perfuração do campo de Tacobo começou em março de 2007 e exigiu investimentos de 36 milhões de dólares.

"Com investimento adicional em exploração e produção, Tacobo contribuirá com 2,4 milhões de metros cúbicos por dia à produção nacional, começando em outubro ou, se tivermos problemas, em janeiro de 2009", disse Villegas a jornalistas.

A Pluspetrol já teria se comprometido a fazer tais investimentos, disse Villegas, sem dar mais detalhes.

Representantes da empresa não estavam disponíveis para comentários. No início de dezembro, o governo boliviano disse que a espanhola Repsol YPF teria encontrado um novo grande campo de gás natural chamado Huacaya. Villegas disse que a Repsol estava tentando determinar agora se Huacaya era um novo campo ou uma extensão do campo de Margarita.

"Dependendo do que for determinado, a Repsol YPF planejará novos investimentos esse ano, seja em Margarita, em Huacaya ou nos dois campos", afirmou o ministro boliviano. (Por Carlos Quiroga)