Santelisa investirá R$ 3 bilhões em usinas de açúcar e álcool

quarta-feira, 3 de outubro de 2007 17:26 BRT
 

Por Inaê Riveras

SÃO PAULO, 3 de outubro (Reuters) - A Santelisa Vale, segunda maior produtora de açúcar e álcool do Brasil, divulgou na quarta-feira que pretende investir cerca de 3 bilhões de reais nos próximos três anos para construir novas usinas e expandir as cinco já existentes.

A empresa, resultado de uma fusão entre os grupos Vale do Rosário e Santa Elisa, planeja abrir seu capital, possivelmente até o fim de 2008.

"Creio que está surgindo uma grande companhia, que tem um projeto de crescimento muito forte para os próximos anos", disse por telefone o diretor-presidente da Santelisa, Anselmo Lopes Rodrigues. Antes, ele havia anunciado numa entrevista coletiva em Sertãozinho (SP), a conclusão do processo de fusão, que levou oito meses.

O principal acionista da Santelisa é a família Biagi, com 72 por cendo do capital, seguido pelo banco de investimentos norte-americano Goldman Sachs (GS.N: Cotações), com uma participação de 17 por cento.

Entre os investimentos planejados estão 2,5 bilhões de reais em usinas que estão sendo construídas pela Companhia Nacional de Açúcar e Álcool (CNAA), empresa criada pela Santelisa e investidores como Carlyle Group CYL.UL e Riverstone Holdings LLC.

A Santelisa tem quase 28 por cento na CNAA, que atualmente constrói três usinas em Minas Gerais e outra em Goiás.

Duas delas vão começar a operar no ano que vem e as outras duas em 2009. Casa usina terá capacidade para processar 2,5 milhões de toneladas de cana/ano, podendo ser dobrada.

A Santelisa também está investindo em uma nova usina em Goiás junto com o grupo Maeda, que deve começar a operar em abril de 2008. A capacidade inicial será de 2,5 milhões de toneladas por ano, também podendo ser dobrada até 2010.   Continuação...