Premiê paquistanês escapa ileso de tentativa de assassinato

quarta-feira, 3 de setembro de 2008 07:19 BRT
 

ISLAMABAD (Reuters) - Tiros foram disparados contra o comboio do primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gilani, na quarta-feira, mas ele não ficou ferido, informou um porta-voz.

"Vários tiros foram disparados... o primeiro-ministro está seguro", disse o porta-voz Zahid Bashir, acrescentando que pelo menos duas balas atingiram o veículo em que o premiê estava.

O atentado aconteceu na principal estrada que leva ao aeroporto da capital Islamabad. Mais cedo, Gilani havia chegado ao aeroporto após uma viagem à cidade de Lahore, no leste do país.

Gilani é um membro de alto escalão do partido da ex-premiê Benazir Bhutto, assassinada em um atentado suicida em 27 de dezembro quando fazia campanha para as eleições gerais do país.

O governo culpou militantes ligados à Al Qaeda pelo assassinato.

O partido de Bhutto venceu as eleições realizadas em 18 de fevereiro e Gilani tornou-se primeiro-ministro de um governo de coalizão.

(Reportagem de Robert Birsel e Augustine Anthony)