Bovespa sobe pela 4a vez e supera 64 mil pontos

quinta-feira, 3 de abril de 2008 18:05 BRT
 

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A volta dos investidores estrangeiros à ponta compradora no mercado doméstico de ações fez a Bolsa de Valores de São Paulo cravar a quarta alta consecutiva, voltando ao azul em 2008.

Com valorização de 1,28 por cento, o Ibovespa chegou aos 64.175 pontos, com ganho de 6 por cento na semana. No acumulado do ano, agora o índice guarda avanço de 0,45 por cento. O giro financeiro desta quinta-feira foi de 5,65 bilhões de reais.

O mote para o otimismo foi a divulgação de que o setor de serviços nos Estados Unidos contraiu-se menos que o esperado em março. O dado consumiu o mau humor criado na abertura dos negócios em Wall Street, com a informação de que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego no país aumentaram para o maior nível em dois anos e meio.

Depois de muito oscilar, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, fechou com leve alta de 0,16 por cento.

De acordo com profissionais do mercado, a sensação de que os piores momentos da crise de crédito norte-americana estão ficando para trás reabriu o apetite de investidores estrangeiros por papéis de empresas brasileiras.

"O dinheiro de estrangeiros está voltando com a idéia de que já chegou ao fundo do poço", disse Luiz Gustavo Medina, sócio da gestora de recursos M2 Investimentos.

Dados divulgados nesta quinta-feira pela própria Bovespa mostraram que a saída de recursos externos foi de 1,9 bilhão de reais em março, elevando o déficit de 2008 para 5,78 bilhões.

Para profissionais do mercado, o otimismo mais forte com a bolsa paulista tem duas explicações. A primeira é que as ações da Bovespa tinham caído mais forte e agora estão se recuperando. A outra é que vem crescendo a avaliação de que o Brasil está mais preparado para atravessar uma recessão norte-americana sem grandes sobressaltos.   Continuação...