CPI dos Grampos convoca Jobim, Lacerda e Corrêa

quarta-feira, 3 de setembro de 2008 20:44 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Comissão Parlamentar de Inquérito das Escutas Telefônicas Clandestinas da Câmara, conhecida como CPI dos Grampos, convocou na quarta-feira o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, e o diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Paulo Lacerda, que está afastado do cargo.

Os integrantes da comissão querem esclarecer se a Abin tem equipamentos para fazer grampos. Segundo o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), o ministro da Defesa teria informado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e demais ministros, em reunião no Palácio do Planalto na segunda-feira, que a agência possui tais meios.

Em depoimento à CPI na terça-feira, o chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Jorge Armando Félix, afirmou que a Abin adquiriu instrumentos para localizar grampos. Reconheceu, entretanto, que pediu a ajuda de técnicos para confirmar se essas máquinas eram apenas para fazer varreduras ou também poderiam grampear linhas telefônicas.

O assunto ganhou destaque depois que a revista Veja publicou uma denúncia segundo a qual a Abin teria quebrado o sigilo telefônico de autoridades dos Três Poderes. A direção da agência foi afastada pelo presidente Lula até que uma investigação da Polícia Federal sobre o caso seja concluída. (Reportagem de Fernando Exman)