Volkswagen compra fatia da Scania em acordo de US$4,4 bilhões

segunda-feira, 3 de março de 2008 10:38 BRT
 

Por Christiaan Hetzner GENEBRA (Reuters) - A Volkswagen assumirá controle majoritário sobre a fabricante sueca de caminhões Scania em um acordo de 4 bilhões de dólares que deixa a companhia alemã mais próxima de criar uma líder européia no segmento.

A compra da participação foi anunciada nesta segunda-feira e encerra um impasse sobre o futuro da Scania que durava desde o início do ano passado, quando a Scania rejeitou uma oferta hostil da rival alemã MAN, na qual a Volkswagen, maior montadora de automóveis da Europa, detém 30 por cento.

"O que vemos agora é que o período de especulação sobre a propriedade da Scania será encerrado e que isso é muito bom para a administração da companhia e para as pessoas que trabalham na organização", disse o presidente-executivo da Scania, Leif Ostling.

A Volkswagen pagará um ágio de 17 por cento sobre o preço de fechamento das ações da Scania na sexta-feira, aumentando sua participação votante na fabricante de caminhões para 69 por cento, ante fatia anterior de 38 por cento. O acordo é sujeito a aprovação regulatória.

A MAN retirou sua proposta hostil de mais de 10 bilhões de euros pela Scania em janeiro deste ano e os três grandes acionistas resolveram trabalhar para uma união amigável das companhias.

Diferente das rivais Volvo e Daimler, que podem extrair economias de escala, Scania e MAN precisam trabalhar juntas para economizar custos com o desenvolvimento de novos motores que emitem menos poluentes, afirmam analistas.

A Volkswagen informou que pode desenvolver a Scania como uma marca premium e incentivar a continuidade da administação da companhia.

REUTERS AAJ CP