3 de Junho de 2008 / às 13:04 / 9 anos atrás

BOLSA EUROPA-Índice opera em alta com foco em bancos

Por Peter Starck

LONDRES, 3 de junho (Reuters) - As principais bolsas européias operavam em alta na manhã desta terça-feira, com os temores sobre crédito afetando bancos. Apesar disso, o Royal Bank of Scotland (RBS.L) disparava por rumores de compra de participação na instituição.

Às 9h54 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que acompanha as principais empresas européias, operava em alta de 0,21 por cento, para 1.321 pontos. "Estamos em um cenário que aponta para lados distintos", afirmou um operador.

O RBS disparava 6 por cento. Operadores citam rumores de montagem de participação no banco do fundo ativista inglês The Children's Investment Fund. O RBS preferiu não comentar o assunto, enquanto o TCI não estava imediatamente disponível para se pronunciar.

O período de emissão de papéis do RBS termina na sexta-feira. Operadores afirmam que parece que as ações ficarão acima do preço de oferta de 200 pence e que há otimismo de que eles se beneficiem quando o período de emissão acabar, depois da ação acumular fortes quedas nas últimas semanas.

O Wall Street Journal publicou que o banco de investimento Lehman Brothers LEH.N pode levantar bilhões de dólares em capital novo, mas uma fonte próxima da situação disse à Reuters que a instituição não precisa levantar dinheiro.

Com isso, o cenário para os bancos não tinha rumo definido. O UBS UBSN.VX subia 3,7 por cento e o Lloyds TSB (LLOY.L) tinha alta de 2,7 por cento, enquanto o Barclays (BARC.L) perdia 2,4 por cento e o Société Générale (SOGN.PA) cedia 1,4 por cento.

"Ainda há preocupação com o fato de que a crise de crédito continua a fazer vítimas... e com o fato de que as perspectiva econômica parece estar se deteriorando", afirmou Henk Potts, estrategista de ações no Barclays Stockbrokers.

Os bancos irlandeses dominavam o cenário negativo, reagindo aos renovadores temores sobre a crise de crédito depois do feriado nacional na Irlanda, na segunda-feira.

"Pensamos que havia uma luz no horizonte. Eles destacaram os problemas, identificaram os buracos e sabiam a quantidade de de terra que precisariam para tapar os buracos", afirmou Justin Urquhart Stewart, diretor na Seven Investment Management, sobre o setor bancário.

"O que não antecipamos é que o buraco está ficando maior, e o custo da terra para tapá-lo está subindo", acrescentou.

A companhia aérea Ryanair (RYA.I) subia 6 por cento depois de reportar um aumento de 20 por cento em seu lucro líquido anual ajustado.

No setor de tecnologia, a Infineon (IFXGn.DE) avançava 5,3 por cento, depois do novo presidente-executivo da empresa revelar sua estratégia.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 9h54:

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %

Londres .FTSE 6.026 +0,32

Frankfurt .GDAX 6.993 -0,22

Paris .FCHI 4.953 +0,47

Madri .IBEX 13.371 +0,55

Milão .MIBTEL 25.336 +0,35

Lisboa .PSI20 10.507 -0,21

Veja como se comportaram as bolsas asiáticas [nN03342704]

Reportagem adicional de Rebekah Curtis, Dominic Lau e Michael Taylor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below