Presidente sírio diz que Israel tem que devolver terras tomadas

terça-feira, 3 de junho de 2008 09:48 BRT
 

DUBAI (Reuters) - Israel precisa estar preparado para devolver todas as terras sírias ocupadas em 1967, como parte de um acordo de paz entre os dois lados, disse o presidente da Síria, Bashar al-Assad, em comentários publicados nesta terça-feira.

Falando a editores de jornais dos Emirados Árabes Unidos durante uma visita ao Estado do golfo árabe, Assad também disse que a mediação dos Estados Unidos seria essencial para a continuidade das conversas indiretas, iniciadas no mês passado através de representantes turcos.

"Neste estágio, não estamos falando (com Israel) sobre mais nada. O que está na agenda é a devolução de todas as terras", disse o presidente na segunda-feira, segundo o jornal al-Khaleej. "Nas negociações indiretas, vamos definir os detalhes, que incluem recursos hídricos e outras questões."

"Em relação à água, há regras internacionais que governam essas coisas, mas se a questão da água servir para (a Síria) desistir das fronteiras de 1967 que vão até a Tibéria, então nunca vai haver um consenso sobre as fronteiras de 1967", disse.

Israel e Síria disseram no mês passado que retomaram as negociações de paz depois de oito anos. As últimas negociações acabaram por causa do controle da área próxima ao lago de onde Israel retira boa parte da água que utiliza.

A Síria diz que, segundo a Turquia, Israel garantiu que os Estados judeus estão dispostos a devolver as Colinas de Golã em troca de paz.

"As negociações estão em um estágio primário. Depois, elas precisarão de patrocínio internacional, principalmente dos Estados Unidos, uma superpotência que tem ligações especiais com Israel", disse Assad, segundo o jornal al-Bayan.

Muitos analistas dizem que a hostilidade norte-americana à Síria torna a paz com Israel improvável, pelo menos antes do fim do mandato de George W. Bush.

Os Estados Unidos dizem não se opor às negociações, mas continuam a criticar a Síria por seu "apoio ao terrorismo".   Continuação...