SEC diz que não previu colapso do Bear Stearns

quinta-feira, 3 de abril de 2008 08:13 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Bear Stearns tinha reservas de capital suficientes para um teste internacional de solidez e a crise de liquidez da instituição não era prevista, disse o órgão que fiscaliza o mercado de capitais dos Estados Unidos, a Securities and Exchange Commission, a parlamentares nesta quinta-feira.

"Até o momento e incluindo o momento do acordo para ser adquirido pelo JPMorgan Chase, o Bear Stearns tinha um colchão de capital bem superior ao que é requerido pelos padrões da Basiléia", disse o presidente do órgão, Christopher Cox, em comentários preparados para o comitê bancário do Senado dos EUA.