RPT-Para Lula,PETROBRAS tem que dar contrapartida social ao país

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007 07:28 BRST
 

(Repete texto publicado na noite de sexta-feira)

RIO DE JANEIRO, 3 de dezembro (Reuters) - Apesar de ser uma empresa listada em bolsa, a Petrobras (PETR4.SA: Cotações) tem de dar uma contrapartida social ao país, afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sexta-feira. Segundo ele, no governo anterior, a estatal trabalhava apenas visando o lucro, agora a orientação da companhia foi alterada.

"A Petrobras, por mais que tenha ações na bolsa de Nova York, é uma empresa nacional e brasileira. Ela precisa devolver para este país parte da riqueza que extraiu do subsolo, acho que o mesmo vale para a Vale do Rio Doce (VALE5.SA: Cotações)", disse Lula em cerimoônia no estaleiro Mauá, em Niterói.

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse concordar com as orientações de Lula e com a nova filosofia da empresa.

"A Petrobras tem uma estratégia que tem três pilares: é uma empresa quer quer crescer muito, quer ser lucrativa e é uma empresa com uma profunda responsabilidade social e ambiental. Nosso objetivo não é só dar lucro, tem que devolver ao país e se relacionar com a sociedade em que ela vive", acrescentou o executivo, que preferiu não comentar sobre a estratégia de gestões anteriores.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Edição de Alexandre Caverni)