PETROBRAS deve elevar capacidade de armazenagem em Cingapura

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007 11:19 BRST
 

Por Yaw Yan Chong

CINGAPURA, 3 de dezembro (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) deverá aumentar em mais de quatro vezes a capacidade de armazenagem de óleo combustível em Cingapura, arrendando tanques da Chemoil CHEL.SI, de acordo com fontes da indústria na segunda-feira.

A Chemoil, trader de óleo combustível e de combustíveis marítimos listada na bolsa de Cingapura, colocará em operação, no dia 10 de janeiro, o seu novo Terminal Helios, de 450 mil metros cúbicos, na Ilha de Jurong.

"Estamos na etapa final de negociações em relação ao aluguel de 160 mil a 180 mil metros cúbicos de capacidade. O terminal estará completamente operacional em 10 de janeiro", afirmou o diretor-executivo da Chemoil, Robert Chandran, à Reuters.

Chandran não quis revelar a identidade da companhia que alugará os tanques de 122 milhões de dólares, mas fontes da indústria afirmaram que a empresa é a Petrobras, que também possui 50 mil metros cúbicos de capacidade no terminal de Penjuru da Chevron (CVX.N: Cotações), em Cingapura.

As fontes informaram que a Petrobras deve ainda manter a sua atual capacidade de armazenagem.

A brasileira é importante fornecedora de combustíveis marítimos com baixo teor de enxofre na Ásia, comercializando entre 30 mil e 50 mil toneladas mensais, além de oferecer outros tipos de óleo combustível com baixo teor de enxofre para regiões como Taiwan.