BNDES libera R$2,9 bi para setor sucroalcooleiro até outubro

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007 15:56 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 3 de dezembro (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiou até outubro 2,9 bilhões de reais para projetos do setor sucroalcooleiro, que incluem cultivo da cana, produção de açúcar e álcool e co-geração de energia.

O banco informou que os números do setor apresentaram uma "evolução expressiva" em relação a anos anteriores. Em 2004, foram liberados 604 milhões de reais, em 2005, 1 bilhão de reais, e em 2006, 1,9 bilhão de reais.

"Com isso, nos três últimos anos, as liberações atingiram 6,4 bilhões de reais, incluindo operações diretas e indiretas", segundo nota do BNDES divulgada nesta segunda-feira.

De acordo com o BNDES, a carteira total do banco para o setor até final de outubro, que inclui projetos aprovados, contratados, em perspectiva e em análise, somava 19,7 bilhões de reais.

Desse total, 15,4 bilhões de reais referem-se a projetos para a produção de açúcar e álcool; 2,3 bilhões de reais para co-geração de energia; 1,8 bilhão de reais para o cultivo da cana; e 142,5 milhões de reais para pesquisa e desenvolvimento no setor.

Segundo o BNDES, os projetos de co-geração de energia significariam aumento de 1,4 mil megawatts na capacidade instalada no país.

(Reportagem de Denise Luna; Edição de Roberto Samora)