Xstrata está interessada em atuar no Congo, diz executivo

terça-feira, 3 de junho de 2008 12:55 BRT
 

LONDRES, 3 de junho (Reuters) - O grupo de mineração Xstrata XTA.L está interessado em entrar no Congo e na possibilidade de expandir a atuação em commodities como alumínio e minério de ferro, após o colapso das negociações com a brasileira Vale (VALE5.SA: Cotações), disse um executivo na terça-feira.

Mark Sawyer, gerente-geral para desenvolvimento de negócios, também disse à Reuters que a companhia não tem tido nenhuma conversa com a Vale e está prosseguindo com sua própria estratégia.

"Você não precisa ser um especialista do setor para saber dos benefícios de uma combinação da Xstrata e da Vale, mas até onde eu sei não tem havido mais discussões", declarou Sawyer no intervalo de um congresso de mineração em Londres.

As reservas minerais na África central e especialmente na República Democrática do Congo são áreas interessantes para expansão, mas isso dependeria do ativo e do preço, segundo ele.

"Estamos analisando oportunidades continuamente na África central. Eu penso que o desafio é encontrar o ponto certo de entrada... o parceiro certo, e até agora não encontramos ninguém para trabalhar conosco."

(Reportagem de Eric Onstad)