Wall Street cai por setores manufatureiro e de hipotecas

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007 20:24 BRST
 

Por Ellis Mnyandu

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em queda nesta segunda-feira, após as ações do setor financeiro terem desvalorizado devido a preocupações sobre o impacto da crise imobiliária na economia.

Além disso, dados desanimadores sobre o setor manufatureiro renovaram temores sobre a previsão de lucro das empresas.

O índice Dow Jones recuou 0,43 por cento, a 13.314 pontos. O Standard & Poor's 500 declinou 0,59 por cento, para 1.472 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq perdeu 0,90 por cento, a 2.637 pontos.

Companhias do ramo industrial puxaram a queda do mercado após o Instituto de Gestão do Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) ter informado que seu índice de atividade industrial em novembro caiu para o patamar mais baixo desde janeiro, desvalorizando papéis de líderes como a General Electric . Investidores tiveram uma reação divergente sobre uma proposta do governo norte-americano para atenuar inadimplências no pagamento de hipotecas ao congelar as taxas de juros sobre empréstimos de taxa variável concedidos a pessoas com histórico ruim de crédito.

Algumas pessoas viram o plano como maneira de controlar a crise de moradias enquanto outras alegam que o plano levanta mais dúvidas do que as responde.

"Quando as pessoas vêem o governo envolvendo-se em outro programa que tem boas intenções, elas tendem a ficar bastante céticas", disse Peter Kenny, diretor-gerente do Knight Equity Markets em Nova Jersey.

REUTERS AS ES