RPT-EUA elogiam novo acordo sobre comércio e produção de café

quarta-feira, 3 de outubro de 2007 07:19 BRT
 

(Repete matéria publicada na noite de terça-feira)

WASHINGTON, 3 de outubro (Reuters) - O governo do presidente norte-americano, George W. Bush, elogiou um novo acordo internacional sobre o comércio e a produção de café, commodity que dá sustento a 25 milhões de famílias em todo o mundo.

"O novo Acordo Internacional do Café cobre um significativo período de dois anos para a Organização Internacional do Café desde que os Estados Unidos retornaram em 2005", disse a representante comercial norte-americana, Susan Schwab, em comunicado.

O novo acordo de 10 anos foi concluído em 28 de setembro, informou a Organização Internacional do Café (ICO, na sigla em inglês) em seu site. A ICO, sediada em Londres e criada em 1963, é formada por 77 países exportadores e importadores de café.

Segundo a representação comercial dos EUA, o novo acordo tem o objetivo de aumentar a transparência e o compartilhamento de informações nos mercados mundiais e vai promover tanto os interesses dos produtores em pequena escala quanto a sustentabilidade na indústria cafeeira.

Os EUA deixaram a ICO na década de 1990 devido a "preocupações de que a ICO estivesse primeiramente focada na manipulação dos preços do café por meio de restrições à produção e ao comércio", nas palavras da representação norte-americana.