4 de Fevereiro de 2008 / às 00:00 / 10 anos atrás

ATUALIZA-Yahoo pode considerar aliança com Google, dizem fontes

Por Eric Auchard

SAN FRANCISCO, 3 de fevereiro (Reuters) - O Yahoo YHOO.O pode considerar uma aliança de negócios com seu rival de buscas na Internet, o Google (GOOG.O), como forma de rejeitar uma oferta de compra feita pela Microsoft (MSFT.O), disse no domingo uma fonte próxima à direção do Yahoo.

A administração do Yahoo está considerando retomar negociações com o Google tidas há meses para uma aliança, como uma alternativa à oferta de compra da Microsoft.

De acordo com duas fontes, o Yahoo avalia que a proposta feita pela Microsoft, de 44,6 bilhões de dólares, deprecia a companhia.

Uma segunda fonte próxima do Yahoo afirmou que a companhia recebeu uma série de contatos de companhias de mídia, tecnologia, telefonia e financeiras.

Mas a fonte declarou que não poderia afirmar se uma outra oferta pelo Yahoo era iminente.

Existem outros interessados além do Google no Yahoo, que poderiam disparar uma guerra de propostas.

E o Google provavelmente não conseguiria a aprovação de órgãos antitruste, segundo disseram analistas de Wall Stret na sexta-feira.

Os esforços do Yahoo para encontrar um outro comprador poderiam simplesmente estar associados a uma estratégia da empresa para conseguir que a Microsoft eleve a oferta feita na sexta-feira.

Mais cedo, em outro front, o Google criticou a proposta de 44,6 bilhões de dólares da rival Microsoft pelo Yahoo, acusando a empresa de Bill Gates de tentar expandir seu monopólio de softwares mais profundamente dentro da Internet.

David Drummond, um vice-presidente-sênior do Google e chefe para assuntos legais, disse em um blog que a combinação de Microsoft e Yahoo pode minar a competição aberta que tem impulsionado mais de uma década de inovações na Internet.

A Microsoft não estava imediatamente disponível para comentários.

Drummond pediu que formuladores de política em todo o mundo desafiem a fusão.

Ao comentar o caso na sexta-feira, executivos da Microsoft disseram que o Google --não a Microsoft-- era a companhia a qual os regulares antitruste deveriam evitar que comprasse o Yahoo, com base no domínio do Google no sistema de buscas na web.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below