Repsol inicia novos trabalhos de perfuração na bacia de Santos

quarta-feira, 3 de setembro de 2008 09:48 BRT
 

MADRI (Reuters) - A petrolífera hispano-argentina Repsol-YPF anunciou na quarta-feira que começou os trabalhos de perfuração dos poços operados pela companhia na bacia de Santos.

O desenvolvimento dos projetos na bacia de águas profundas é um dos 10 objetivos importantes previstos no plano estratégico da Repsol entre 2008 e 2012. A área está situada em uma das zonas com maior potencial exploratório do mundo, informou a petrolífera em um comunicado.

A Repsol é operadora dos blocos BM-S-48 e BM-S-55 com participação de 40 por cento, em que tem como sócios a Petrobras (35 por cento), a Woodside (12,5 por cento) e a Vale, com 12,5 por cento, segundo o comunicado.

A petrolífera hispano-argentina participa de vários blocos na bacia de Santos, na qual se destacam os campos de Carioca e Guará.

Em abril deste ano, o presidente da Agência Nacional de Petróleo (ANP) disse que a reserva marítima de Carioca, operada pela Petrobras, em sociedade com a Repsol e o BG Group, poderia ser cinco vezes maior que a gigantesca reserva de Tupi.

Haroldo Lima disse então que a Carioca poderia conter 33 bilhões de barris de óleo equivalente.

A Petrobras estimou no ano passado que as reservas recuperáveis de Tupi estejam entre 5 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente.