FMI questiona dados de inflação da Argentina, segundo jornal

sábado, 3 de novembro de 2007 15:51 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O novo diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, disse que a Argentina precisa solucionar o problema de "credibilidade" de seus indicadores de inflação, conforme publicou neste sábado um diário local.

As declarações foram feitas a jornalistas em Washington poucas horas após Strauss-Kahn assumir o cargo.

"Ninguém sabe realmente qual o índice de inflação na Argentina. O Fundo tem trabalhado com as estatísticas oficiais do Indec (órgão do governo argentino), mas elas não são confiáveis", afirmou Strauss-Kahn, segundo o jornal Clarín.

"Não sabemos se a inflação (anual) é de 8 por cento ou de 16 por cento ou mais. Ou seja, há um problema de credibilidade."

(Por Jorge Otaola)