EUA se dizem frustrados com estado de emergência no Paquistão

sábado, 3 de novembro de 2007 16:05 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos disseram no sábado que era frustrante a declaração de estado de emergência do presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, e exigiu que ele cumpra suas promessas de fazer eleições livres no começo do próximo ano.

"Esta ação é muito frustrante", disse o porta-voz do Conselho Nacional da Casa Branca, Gordon Johndroe.

"O presidente Musharraf precisa garantir suas promessas de fazer eleições justas e livres", completou.